Instituições como Udemy, FGV, Harvard e SEBRAE oferecem cursos online gratuitos

Cursos gratuitos online. Imagem: Freepik

Com o objetivo de contribuir para a manutenção dos estudos, melhoria de currículo e também contribuir para minimizar principalmente a transmissão comunitária do Covid-19, uma gama de instituições sérias ofertam cursos em EAD nas mais diversas áreas do conhecimento.

A equipe Deficientes Indignados do Brasil, fez um levantamento dos cursos online de algumas instituições que ofertam cursos inteiramente gratuitos.

Confira:

Universidade de Harvard

A Universidade de Harvard, considerada uma das melhores do mundo, oferece mais de 100 cursos online gratuitos em 14 áreas de conhecimento: Artes e Design, Negócios e Gestão, Ciência da Computação, Governo, Leis e Política e outros COM CERTIFICADO.

Link para cadastro e cursos da Harvard: AQUI! ⇐

FGV – Fundação Getúlio Vargas

A FGV tem tradição na oferta de ótimos cursos online gratuitos e, ao final de cada curso, é possível que o aluno emita o seu CERTIFICADO.

Dentre as áreas de conhecimento encontram-se: Direito, Administração, Meio-Ambiente, Marketing, RH e outros.

Link para os cursos da FGV: AQUI! ⇐

SENAI

O SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) oferece 12 cursos online gratuitos e com CERTIFICADO nas áreas de TI (Tecnologia da Informação), Finanças, Empreendedorismo e outros.

Link para os cursos do SENAI: AQUI! ⇐

SEBRAE

O SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) oferta mais de 100 cursos nas áreas de Fluxo de Caixa, Atendimento ao Cliente, Microempreendedor Individual e outros.

Ao final dos cursos é possível emitir o CERTIFICADO de PARTICIPAÇÃO e a inscrição pode ser feita na própria página do SEBRAE.

Link para os cursos do SEBRAE; AQUI! ⇐

Udemy

A Udemy, importante plataforma de cursos a distância, está ofertando 40 cursos nas áreas de Tecnologia e Programação, Design, Fotografia, Marketinhg e outros.

Link para os cursos da Udemy: AQUI! ⇐

Agora é aproveitar a disponibilidade dos cursos, aumentar conhecimentos ou dar aquele Up no currículo.

Esperamos que, cada vez menos, seja utilizado o falho argumento de “falta de qualificação” na hora de contratar e, por outro lado, dar aquela ocupada na cabeça para rápido passar este período de “isolamento social”.

Então arregaça a manga, prepara a bengala, aparelhos, cadeiras e cafés e vamos nessa!

Angelo Márcio
(Assistente Social, Palestrante, Técnico em Informática)
Coordenador da Página Deficientes Indignados do Brasil – Oficial Br

Com informações da Folha Dirigida e Internautas.

Angelo Márcio

Written by 

Olá! Sou Angelo Márcio, sou Assistente Social, Técnico em Informática, Palestrante e desenvolvedor de diversos projetos voltados às questões das Pessoas com Deficiência.

Deixe um comentário