Caminho:
Deficiência e Terminologia: Um Guia Prático e Inclusivo

Deficiência e Terminologia: Um Guia Prático e Inclusivo

TERMINOLOGIAS PCD
Pessoas com Deficiência e Terminologias - Imagem: Angelo Marcio / Acervo DIB

A deficiência é uma condição que faz parte da diversidade humana, de sua experiência e pode afetar qualquer pessoa, em qualquer fase da vida. Manifestando-se de diversas formas, a deficiência pode ser física ou motora, auditiva, visual, sensorial e intelectual. No entanto, mais importante do que a condição em si, é a maneira como a sociedade acolhe, inclui, se refere e interage com as pessoas com deficiência.

A palavra “deficiência”, carrega consigo um histórico complexo, oscilando entre a medicalização e a exclusão social. Ao longo dos anos, a terminologia utilizada para se referir a pessoas com deficiência passou por diversas transformações, refletindo a evolução das lutas por reconhecimento e inclusão. Neste pequeno guia, exploraremos as diferentes terminologias, seus impactos e as melhores práticas para uma comunicação respeitosa e inclusiva.

Terminologias: O Correto e Respeitoso

A terminologia utilizada para descrever pessoas com deficiência tem evoluído significativamente, refletindo uma mudança na percepção social e um esforço contínuo para promover a inclusão. O termo “pessoa com deficiência” é atualmente o mais aceito e recomendado, pois coloca a pessoa antes de sua condição, promovendo uma visão mais humanizada e respeitosa. Este termo foi endossado pela Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU (2007) e posteriormente, no Brasil, em 2015, ratificado pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência e é utilizado para enfatizar a pessoa antes de sua condição.

No entanto, termos como “deficiente” e eram comumente atrelados preconceituosamente às deficiências físicas e, em outro viés, externam o capacitismo presente em tais expressões ainda utilizadas.

Evitando Termos Obsoletos e Inadequados

Termos como “deficiente”, ou “aleijado” ainda são foram por muito tempo utilizados como substantivos, reforçando a ideia de uma “falta”, “defeito” ou “incapacidade”. Por outro lado, termos como “portador de deficiência” e “pessoa com necessidades especiais” são considerados obsoletos e inadequados. Eles carregam conotações pejorativas, reforçam estigmas, são capacitistas e desviam a pessoa com deficiência de sua verdadeira identidade como pessoa.

A Importância da Linguagem Inclusiva

A linguagem molda a realidade. Ao adotar uma terminologia respeitosa e inclusiva, contribuímos para a construção de uma sociedade que valoriza a diversidade e promove a igualdade de oportunidades. A terminologia correta ajuda a desencorajar práticas capacitistas e a reconhecer as habilidades e potencialidades de cada indivíduo.

Terminologia Adequada:

  1. Pessoa em primeiro lugar: Utilize “pessoa com deficiência” ao invés de “deficiente”.
  2. Especifique o tipo de deficiência: “deficiência visual”, “deficiência auditiva”, “deficiência intelectual”, “deficiência física”.
  3. Evite termos genéricos: “especial”, “necessitado”, “diferente”.
  4. Seja específico e objetivo: “usuário de cadeira de rodas”, “cadeirante”, “pessoa com baixa visão”.
  5. Consulte a pessoa: Sempre que possível, pergunte à pessoa como prefere ser chamada e assim pode evitar constrangimentos.

Ao escrever sobre deficiência, é essencial escolher palavras que reflitam respeito e inclusão. O uso da terminologia correta é um passo fundamental para promover a inclusão, evidenciar o respeito e proporcionar uma sociedade mais justa e igualitária, onde todos as pessoas com e sem deficiências são valorizadas por suas contribuições únicas. Ao continuar a educar a sociedade sobre a importância da linguagem inclusiva, possibilita-se a a evolução do mundo para um lugar acolhedor para todos.

Apesar dos avanços na terminologia e na inclusão, ainda existem desafios significativos. Muitas pessoas com deficiência enfrentam barreiras no acesso à educação, ao emprego e aos serviços de saúde. A sociedade e o poder público precisam continuar trabalhando para remover essas barreiras e garantir que todos tenham as mesmas oportunidades de participar plenamente em todos os aspectos da vida.

Compartilhar:

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Angelo Marcio
Angelo Marcio
Membro
21/03/2024 11:31

É muito importante voltar a produzir textos.

Posts Relacionados

Crie uma nova perspectiva para sua empresa.

Anuncie aqui! (1260px x 240px)
Nenhum número escolhido ainda
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
Pular para o conteúdo